Acesse o Portal do Governo Brasileiro
Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Artigos A Construção do Centro Nacional de Pesquisas do Mar - IFSC
Navegação
« Julho 2017 »
Julho
SeTeQuQuSeSaDo
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

discurssao

 

A Construção do Centro Nacional de Pesquisas do Mar - IFSC

Clique aqui para obter o arquivo

Tamanho 858.9 kB - File type application/pdf
Tela cheia

Conteúdo do arquivo

background image
A Constru
A Constru
A Constru
A Construç
ç
ç
ção do  
ão do  
ão do  
ão do  
Centro Nacional de 
Pesquisas do Mar
IFSC
fevereiro - 2009
Centro Nacional 
de Pesquisas
do Mar
Pesca e Aqüicultura
Navegação
Construção Naval
Atividade Portuária
background image
Centro Nacional 
de Pesquisas 
do Mar
O Centro Nacional de Pesquisas do Mar será criado com 
a  finalidade de desenvolver pesquisas  nas  áreas navais,  portuárias, de 
navegação,  de  pesca  e  aqüicultura,  tanto  em  águas  interiores  como 
exteriores.
Como  toda  pesquisa  científica  e  tecnológica  aplicada,  a 
meta  é desenvolver  as  empresas,  cooperativas  e  trabalhadores 
autônomos com geração de conhecimento aplicável visando aumentar o 
potencial  da  exploração  dos  recursos  aquáticos  no  Brasil,  de  forma 
ecologicamente sustentável.
Aumentar  o  potencial  de  exploração  significa  produzir 
mais aproveitando os recursos do nosso vasto mar territorial, dos rios e 
lagos,  possibilitando  um  incremento  constante  da  produção  pesqueira, 
dos  transportes  aquáticos,  da  produção  naval  e  da  navegação,  com 
redução de desperdícios, aumento da segurança e redução dos danos à
natureza.  Tudo  isso  com  vistas  ao  crescimento  econômico,  técnico  e 
social  destas  atividades  considerando  a  manutenção  da  exploração 
destes recursos para as próximas gerações.
1. INTRODUÇÃO
Desenvolver  a  atividades  marinhas  no  Brasil,  visando 
incrementos  de  produção  do  pescado  de  origem  aquícola  e 
da  pesca  de  captura,  do  transporte  naval,  da  atividade 
portuária,  da  navegação  e  da  construção  naval,  tanto  em 
águas  oceânicas  quanto  continentais,  de  forma  sustentável, 
pelo  aumento  do  conhecimento  gerado  e  difundido  à
população brasileira.
2. OBJETIVO GERAL
As  áreas  de  atuação  do  Centro  Nacional  de  Pesquisas  do 
Mar  compreendem  o  monitoramento,  a  pesquisa,  a 
educação  e  a  extensão  em  navegação,  construção  naval, 
atividades  portuárias,  pesca  e  aqüicultura  familiar  e 
industrial.
3. ÁREAS DE ATUAÇÃO
Centro Nacional 
de Pesquisas 
do Mar
background image
- Gerar conhecimento científico e tecnológico para:
- Aumentar a produtividade da captura de pescados;
- Auxiliar os órgãos reguladores municipais, estaduais e federais no 
aprimoramento da atividade pesqueira, na determinação e duração da época 
do defeso, na limitação da captura de espécies e na regulação de outros 
fatores que influenciem a atividade pesqueira, como emissão de dejetos em 
águas;
- Compreender os mecanismos de reprodução e crescimento das espécies de 
importância nas diversas regiões do país;
- Criar a rede nacional de pesca, envolvendo uma revista eletrônica para 
divulgação e troca de informações entre órgãos de pesquisa, empresas e 
associações de pescadores;
- Manter o abastecimento do suprimento de pescado visando atender à
população;
- Aumentar a produtividade, gerar conhecimentos e inovações tecnológicas, 
treinar trabalhadores, reduzir desperdícios, melhorar os métodos e as 
condições de trabalho nas atividades portuárias, de construção naval e de 
navegação;
- Coordenar pesquisas entre vários grupos de pesquisadores de instituições 
diferentes;
- Auxiliar na conservação dos recursos naturais.
2. OBJETIVOS 
ESPECIFICOS:
Centro Nacional 
de Pesquisas 
do Mar
3. ÁREAS DE ATUAÇÃO
- Monitoramento  dos  pescadores,  caracterizando-os  de  forma  a  identificar  quem  são,  como  trabalham,  quais 
equipamentos  utilizam,  quais  as  principais  espécies  que  capturam,  através  da  centralização  de  informações  sobre 
eles em todas as regiões do país, através de convênios com IBGE e outras instituições similares; 
- Monitoramento  da  quantidade  produzida,  através  de  captura  ou  criação,  utilizando-se  de  estudos  amostrais  em 
diversas regiões do país, em parcerias com Universidades, IFET’s, Ibama, Associações de Pescadores e outras;
- Monitoramento dos fatores ambientais como poluição, temperatura da água, correntes marítimas e outras;
- Monitoramento  dos  trabalhadores  portuários:  caracterização,  nível  escolar,  nível  salarial,  idade,  atividades  que 
realizam e turnos de trabalho, necessidades de formação;
- Monitoramento  dos  portos:  capacidade  de  embarque  e  desembarque, produtividade  por  homem/hora,  tecnologia 
empregada e outros;
- Monitoramento  da  atividade  naval:  quantitativo  de  empresas,  tamanho  das  empresas,  quantidade  produzida, 
caracterização das embarcações fabricadas, tecnologia e materiais empregados na fabricação e outros;
- Monitoramento  da  navegação:  nível  de  formação  e  escolaridade  dos  trabalhadores,  tecnologia  empregada  na 
navegação, quantitativos de trabalhadores e outros.
O  monitoramento das atividades pesqueiras,  portuárias,  navais  e de 
navegação  visa  conhecer  melhor,  os  produtos,  os  processos  e  as 
pessoas  que  trabalham  nestas  áreas,  seus  métodos  de  trabalho  e 
características  tecnológicas,  econômicas,  sociais  e  ambientais 
próprias  destas  atividades.  Somente  a  partir  deste  conhecimento  é
que se pode propor melhorias e avanços, verificar e propor soluções 
para  problemas  que  venham  a  aparecer.  O  monitoramento  é o  que 
gera a base de conhecimento para possibilitar pesquisas, educação e 
extensão. 
Dentre  as  ações  a  serem  desenvolvidas  no  monitoramento  das 
atividades pesqueiras, portuárias, navais e de navegação, cita-se as 
principais:
3.1 Monitoramento
Centro Nacional 
de Pesquisas 
do Mar
background image
- Determinação  das  principais  espécies  de  importância  nacionais  e  estudar  os  mecanismos  de  reprodução  e 
crescimento em parceria com universidades, IFET’s e outras instituições de pesquisa;
- Determinação de outras formas de explorar  o  potencial  marítimo  e  de  águas interiores através do  melhoramento 
das  formas  de  captura,  desenvolvimento  de  novas  espécies  comerciais  em  parceria  com  universidades,  IFET’s  e 
outras instituições de pesquisa e órgãos de outros países;
- Realizar pesquisas em equipamentos e métodos para pesca e aqüicultura;
Estudos para melhoria da produtividade e da segurança nos portos e redução de custos de operação;
- Desenvolvimento de equipamentos, dispositivos e métodos aplicáveis à operação portuária;
- Realizar estudos para melhoria de tecnologia das embarcações visando diminuição dos custos de produção e de 
operação,  redução  do  tempo  necessário  para  a  produção,  redução  dos  materiais  utilizados,  desenvolvimento  de 
novos equipamento e acessórios e outros;
- Realizar estudos para melhoria da navegação que compreendem desenvolvimento de sistemas simples e baratos
para pescadores e navegadores de baixa renda, melhoria da interface homem-máquina nos sistemas de navegação, 
integração de tecnologias utilizadas para navegação e operação de embarcações e outros;
- Sugerir temas para pesquisa para cursos de pós-graduação de universidades e IFET’s;
- Publicar as pesquisas.
As atividades de pesquisa visam geram conhecimento além daquele 
obtido no monitoramento, buscando gerar soluções para problemas 
identificados.
As  atividades  de  pesquisa  abrangem  as  4  áreas  citadas 
anteriormente,  sendo  que  as  ações  de  pesquisa  na  área  de  pesca 
compreendem:
3.2 Pesquisa 
Centro Nacional 
de Pesquisas 
do Mar
A atividade de educação desenvolverá:
- Dentro  da  rede  nacional  de  pesca,  promover  cursos  presenciais  ou  a 
distância,  se  possível  com  montagem  de  tele-salas  para  capacitação 
permanente,  para  melhoria  da  atividade  pesqueira,  capacitação  de 
profissionais,  principalmente  de  pescadores  artesanais  incentivando  a 
formação de cooperativas;
- Levar  profissionais  às  comunidades  para  ensinar  sobre  novas 
possibilidades  de  comércio,  através  da  organização  das  cooperativas 
para exportação e para atingir outros centros nacionais, sobre ensaios de 
qualidade  e  de  sanidade  do  pescado,  sobre  métodos  e  equipamentos 
mais modernos ou adequados à pesca;
- Efetuar  treinamentos  em  cursos  de  formação  continuada  para 
trabalhadores  da  construção  naval,  tanto  artesanais  quanto  industriais, 
tendo  como  objetivo  a  redução  de  custos,  do  tempo  de  fabricação,  de 
materiais e de energia, além da sustentabilidade ambiental da atividade;
- Educar navegadores para que tenham conhecimentos sobre técnicas de 
navegação, incluindo reconhecimento de referências, leituras de mapas e
cartas náuticas, conhecimento de regras de navegação de embarcações 
e utilização de sistemas de orientação;
- Treinamento  e  educação  de  trabalhadores  dos  portos  em  suas  áreas 
específicas  de  trabalho  e  em  áreas  de  importância  como  preservação 
ambiental,  economia  de  energia,  segurança  do  trabalho,  qualidade  e 
produtividade. 
- Gerar e distribuir material didático para desenvolvimento e melhoria de 
atividades  de  relacionadas  às  atividades  portuárias,  à navegação,  à
construção naval, à pesca e à aqüicultura;
3.3 Educação
Centro Nacional 
de Pesquisas 
do Mar
background image
Centro Nacional 
de Pesquisas 
do Mar
Área Construída: 2400m
2
Terreno: 10.000m
2
Localização: 
Margem Rio Itajaí-Açu
Laboratórios:
Informática;
Microbiologia;
Desenvolvimento de produto;
Físico-químico;
Navegação;
Simulação de Navegação;
Reprodução;
Tanques e viveiros de criação;
Barco-escola.
Atividades Portuárias
Ministério
da Educação
Rio 
Itajaí-Açu
Núcleo de Pesca
Núcleo de 
Construção Naval
Ministério
da Educação
Núcleo de Navegação
Núcleo de 
Atividades Portuárias
Ministério
da Educação
Rio 
Itajaí-Açu
Centro Nacional 
de Pesquisas 
do Mar
Área Construída: 2.400m
2
Terreno: 6.200m
2
Localização: 
Margem Rio Itajaí-Açu
background image
Simulador de Navegação e 
Captura de Pesca
Fonte: http://www.transas.com
Exemplo:
Fabricante: TRANSAS 
Investimento:
R$ 1.029.450,00
Fonte: http://www.transas.com/products/
Simulador de Navegação e 
Captura de Pesca
background image
Simuladores de 
Atividades Portuárias
Fontes: 
http://www.indra.com
http://www.shipanalytics.com/MS/Cranes_intro.asp
http://www.simlog.com/sim-crane.html
http://www.cranesafe.com/simulators01.htm http://www.stc-
group.nl/english/documents/STCG_simuGB_Container_Crane.pdf
http://www.stc-
group.nl/english/documents/STCG_simuGB_Bulk_Crane_000.pdf
Simuladores de 
Atividades Portuárias
background image
Exemplo:
Fonte: www.zeiss.de/planetariums
Planetário
Centro Nacional 
de Pesquisas 
do Mar
5. INVESTIMENTOS:
Recursos Humanos: 
Inicial: 12 professores pesquisadores / 04 Téc. Adm. Nível Superior / 04 Téc. Laboratoristas
Total: 47 profissionais
Equipamentos: 
R$ 7.662.770,00 
(inclui simuladores)
Obras e Instalações:
R$ 2.200.000,00
background image
Rua 14 de Julho, 150, Enseada dos Marinheiros, 
Coqueiros, Cep 88075-010, Florianópolis, SC
Fone: (48) 3271-1400
direcao@ifsc.edu.br
www.ifsc.edu.br
Ações do documento

Banner Noticias MEC

 

logo

 

Gestão dos Recursos Hídricos

 

Curso Esp Pesca